EUA: a arbitrariedade alimentando o orgulho (outra vez)

Saliento que, enquanto forem aplaudidos, a arbitrariedade não cessará e a soberania sempre estará ameaçada pela pseudo-democracia. Nesse raciocínio, faço uma crítica a atuação hipócrita e autoritária dos EUA na sociedade internacional sem levar em conta a peculiaridade da possível morte de Osama Bin Laden. Acompanhem!

Leia o artigo aqui.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: